quarta-feira, 5 de julho de 2017

Os Blogs Estão Morrendo?






Quando entrei na blogsfera pela primeira vez, em 2012, fiquei surpreendida pela resposta positiva que recebi; em poucas semanas, tinha alcançado, em leituras, muito mais do que no espaço que ocupava anteriormente há mais de três anos. As interações eram ricas; os seguidores foram aparecendo quase que magicamente, e postar era tão fácil, que logo comecei a abrir outros blogs. 

Ultimamente, - há mais ou menos um ano - não tenho tido tanto tempo para ler e comentar outros blogs. Mesmo assim, eu faço isso sempre que posso. Mas fiquei triste, um certo sentimento de nostalgia, quando reparei que muitos dos blogs que sigo e que costumavam ler e comentar minhas postagens, estão inativos. Fico me perguntando: para onde foi tanta gente? Por que deixaram de postar?

Hoje pela manhã, ao reler minhas antigas postagens do meu blog Histórias, deparei com comentários de pessoas com quem eu costumava interagir e que hoje simplesmente sumiram dos meus blogs e de seus próprios blogs. Será que ler e  escrever deixou de valer a pena? 

 Já fui severamente criticada pela extensão dos textos em meu blog de contos. Mas como contar uma história complexa sendo econômica com as palavras? O que vale mais, o que é mais importante: contar a história como acho que ela deve ser ou fazer com que seja rápida, fugaz e superficial, a fim de conseguir mais leituras e comentários - geralmente, de pessoas que nem sequer leram direito?

Alguns me dizem que os tempos mudaram; os tais "textões" não têm mais espaço na internet. Ninguém tem mais paciência ou tempo para absorver tanta informação. Percebo que isso pode ser verdade, já que os blogs que postam apenas mensagens curtas geralmente têm muitos comentários. 

Resta-me continuar escrevendo apenas pelo prazer da coisa em si. É o que farei, enquanto eu sentir que devo escrever. A escrita jamais me trouxe recompensas financeiras, notoriedade ou qualquer coisa assim. Apenas prazer. Momentos de distração, e principalmente, de reflexão. É quando eu ponho a minha casa interior em ordem. Por isso, não admito que me venham ensinar como fazer isso.

Lamento pelos que não sobreviveram a essa nova demanda por escritores de textos fugazes e superficiais. Sou o que sou, e é assim que sempre serei. E se há em mim um pouco de nostalgia, ou de desilusão, a respeito do que está acontecendo nos blogs, ainda há -  perfeitamente imaculado - o prazer de escrever.




9 comentários:

  1. Penso que poucos não se rendem ao descaso para com seus espaços, por questões as mais variadas. Dia 19 de julho próximo completo 10 anos ininterruptos em meu canto. Momentos outros era super animado mas a grande maioria desistiu. Outros surgiram mas em nova perspectiva e com muito menos interação, Enfim ... é vida que segue e eu continuo fiel ao meu.

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga, é assim mesmo, eu também sinto um pouco de nostalgia, saudade de amigos que não mais aparecem por terem desistido, mas como dizes, eu também amo escrever, escrevo por ter esse prazer e não deixarei nunca. Aqui venho por gostar de te ler e ter você como amiga, assim como alguns que ainda são amigos fiéis, mas é mesmo assim, os blogs mudaram, nem todos têm paciência de ler e vamos indo, enquanto existir esse meio de comunicação irei ficando por aqui!
    Abraços apertados e continue, não desistas nunca, pois ficaria imensamente com saudade de você!

    ResponderExcluir
  3. Querida Ana
    As pessoas são imediatistas e querem resolver tudo com uma velocidade incrível, sem aquele compromisso de se dedicar verdadeiramente à leitura de um bom texto e escrever é sim prazer para quem gosta mas temos que admitir que escrever um texto ou um poema de qualidade dá trabalho.
    A maioria das pessoas deixaram seus blogs e foram para as redes sociais onde o que é postado são superficialidades e futilidades sem qualquer compromisso. Eu procuro me manter fiel ao meu blog e aos amigos que conquistei. Muitos destes já debandaram para as redes sociais menos relevantes. São as escolhas de cada um. Eu vou continuar com o meu blog enquanto eu sentir prazer de compartilhar meus escritos. E vamos caminhando... até quando? é uma incógnita!!!
    Beijos no coração minha querida

    ResponderExcluir
  4. OI ANA!
    TAMBÉM SINTO ISSO, AS PESSOAS ESTÃO DESISTINDO MESMO DOS BLOGS, ACHO QUE PREFEREM AS REDES SOCIAIS PRINCIPALMENTE, PELA RESPOSTA IMEDIATA MAS, COMO DISSESTE, TAMBÉM EU NÃO PARO DE ESCREVER, AMO FAZER ISSO E VOU CONTINUAR ATÉ ENQUANTO POSSA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Concordo com a Gracita! Alguns deixam os blogs para postarem o quê nas redes? Rede social é coisa imediata, recadinhos, coisinhas... não me apetece...não fazem minha cabeça.
    bj

    ResponderExcluir
  6. Olá, Ana.
    Uma reflexão boa sobre blogs... Realmente, tem havido mudanças na blogosfera. As pessoas não gostam de ler e preferem "passatempos rápidos"... É um desafio continuar postando e fazer parte dos que permanecem... Sim, é preciso prazer e objetividade/convicção naquilo que pretendemos...
    O meu abraço...

    ResponderExcluir
  7. Olá Ana
    Comecei na bloguesfera em 2004 em vários blogues em que era disputada e como não gostei, criei em 2005 o meu próprio blogue, com a minha poesia, prosa poética e artigos de opinião.
    Tinha uma interacção boa e sadia e havia muita gente a escrever muitíssimo bem na bloguesfera e foram tempos muito bons de aprendizagem e partilha.
    Mas, que se passou?! O pessoal começou a ir para o Facebok,e outras redes sociais, onde tudo se processa a um ritmo alucinante, onde ninguém lê nada de ninguém (salvo raras excepções) e só colocam like e foi isso que aconteceu.
    Tenho o meu blogue e mesmo que ninguém vá lá, irei postando e escrevendo todas as terças-feiras, porque é meu, e me dá imenso prazer escrever, e embora muitos bloguistas que só tem blogues de escrita e me ignoram e só vão ao blogue das fotos, porque é mais simples, não faz mal, a mágoa fica apenas comigo.
    Acho que prefiro ter apenas 20 comentários de pessoas que efectivamente leram, do que 50 género "gostei muito" ou "amei" e não entenderam a mensagem que ali está.
    Acho que é isso que se passa...
    Desejo bom final de semana.
    Beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  8. Uma boa reflexão e analise sobre a blogosfera Ana. Assim como voce, sou do Recanto das Letras desde 2010, onde lhe conheci e muito li e amava os textos dos Cavaleiros e confesso uma saudade deles. Aqui na blogosfera estou desde 2010 e acho que enquanto pulsar em mim esta vontade louca de escrever vou estar por aqui e seguindo os amigos que postam. Não me preocupo muito com números,minha pagina é minha casa onde recebo meus amigos e cabe a mim mante-la agradável, as vezes são muitas as visitas outras um pouquinho mas que me agradam.
    Vamos nesta amiga.
    Abraços com carinho.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Até um Dia!

Olá, pessoal! Por motivos pessoais, estarei fora da rede durante alguns dias. Volto em breve! Abraços! ...