segunda-feira, 21 de maio de 2012

PARA MILENA

                                    


Querida e delicada flor,
De pétalas feridas
Sob tua corola, caídas...
Cadê teu perfume?

Querida e delicada flor,
Não deixe desbotar
A tua linda cor...
Que o tempo te cure!

Cadê a tua chuva, flor,
Cadê teu viço?
Acreditas, realmente
Nesse sumiço?

Querida e delicada flor,
Tua alma grita,
Mas o tempo urge,
A vida assume...

Aquilo que ficou é teu,
Ninguém mais tira,
Você sorriu, você viveu,
Aquilo tudo é teu!

Querida e delicada moça,
Seca tuas lágrimas,
Pois o teu cravo
Não quer te ver assim!

Acredita em mim,
Ele te olha,
E a cada lágrima caída,
Ele se desfolha...

Flor delicada, e tão querida,
Amar faz parte da vida,
Morrer faz parte da vida...
Chorar faz parte da vida...

Querida e delicada flor,
Vá lá para fora,
Tenta ver a beleza escondida
Pelas lágrimas de agora!

2 comentários:

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

MINHA MISSÃO É ESTAR AQUI

Estava lendo  uma entrevista da psicóloga e personal coach americana Laura Ciel, no qual ela fala sobre aquele momento (momen...