quarta-feira, 9 de maio de 2012

Para Lembrar de Você




Perdoe-me, Marília, mas deste eu gostei tanto que vou publicar aqui também. Fiquei muito feliz e orgulhosa por ter vencido esta rodada do Crônicas do BVIW Tecendo Letras! Obrigada a todas, obrigada por me convidarem a fazer parte.

Para Lembrar de Você


Para lembrar de você, guardei um pouquinho da sua risada em meus ouvidos, os risquinhos da tua íris na minha e o teu olhar curioso por trás do meu, para que assim, você possa continuar observando a vida com o mesmo encantamento. Para lembrar de você, coloquei no pendrive as músicas que você adora, e no álbum de fotografias, a história da sua vida. Para lembrar de você, caminho pelos caminhos que você costumava seguir, sempre pronta a encontrar uma nova surpresa, e admirar-me com cada coisinha: uma folha seca com um formato estranho, um pequeno inseto interessante, um sapinho minúsculo meio-esverdeado, um braço de rio surgindo na curva da floresta, um pássaro pousado em um galho de árvore, assoviando uma canção estranha e suave. Para lembrar de você, fui ao fundo de mim mesma e chorei todas as lágrimas que eu tinha para chorar, até que a tua lembrança estivesse totalmente enxuta e purificada, lá dentro de mim.Para lembrar de você, revivi cada momento da tua dor, aqueles momentos nos quais você se sentia mais sozinho, mais desesperado, mais perdido, quando você me ligava à noite, e quando nos despedíamos ao telefone, você já estava rindo outra vez. Para lembrar de você, eu não preciso de muita coisa: basta estar aqui. Basta existir. Basta ser quem eu sou, e você estará em mim. O tempo todo.


5 comentários:

  1. Tais momentos guardamos na memória, como arquivo especial, inesquecíveis, e como você bem escreveu, todas as lágrimas choradas, ficam como o mais puro e valioso cristal, límpido, cristalino, como num processo de purificação mesmo. Lindo Ana, merecia ganhar. Boa tarde pra ti. Obrigada sempre por tudo.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por ter vencido, merecidamente, taça ouro lá no Tecendoletras, vitoria merecida, texto muito bonito, beijo de zélia

    ResponderExcluir
  3. teu coracao nao te permite esquecimentos do que é parte fumegante da tua estoria ...é calor maximo dos teus tempos idos e vividos ... bjos Ana , aplausos pelo texto e pelas conquistas ... (( MELLMELLO))

    ResponderExcluir
  4. super lindo, comovente até. bom fim de semana .olguinha costa

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Há Flores Espirituais em Mim

Uma participação dedicada à amiga Rosélia, pelo oitavo aniversário de seu blog: Sinto que há flores espirituais em mim ...