quinta-feira, 17 de maio de 2012

ESCLARECIMENTO SOBRE MEUS CONVITES



Fiz uma coisa que achei bonita, e gostaria de dividir com você. Te convido a entrar no meu mundo encantado, onde a decoração é sempre aquilo que de mais bonito eu consigo criar.  Espero, sinceramente, que você goste de participar, e eu, humildemente, agradeço a sua presença sempre valiosa!

Se eu te convidei, foi porque eu gostaria de dividir a minha criação com você. Porque todas as pessoas que criam algo bonito, gostam de ter  a sua criação apreciada. Ninguém cria algo para esconder dentro de uma caixa, a não ser os egoístas ou os inseguros. E mesmo que você não goste do que eu fiz, eu agradeço a sua presença.

Enviei o convite. Se você não desejar mais recebê-lo, é só comunicar-me , e eu o excluirei da minha lista de convites sem fazer qualquer pergunta. É um direito seu! Mas enquanto você não reclamar, se você não se importar, eu vou sim, continuar enviando convites para você, e espero que você os interprete como uma forma de gentileza, um pequeno presente de mim para você!

Porque cada um dá daquilo que possui. Quando eu tenho alguma coisa que eu acho bonita, interessante ou até mesmo, engraçada,  eu gosto de partilhar. E não me incomodo se alguns pensam que um simples convite signifique desespero. Eu não estou desesperada... por que estaria? Estou aqui neste espaço porque EU escolhi estar. Poderia estar em outro lugar, mas eu PREFIRO estar aqui. Posso voltar para lá a hora que eu desejar, mas a verdade é que eu não desejo. Aqui é bem melhor para mim.  Gosto mais, sinto-me mais à vontade.

Aqui, eu sinto-me livre. E para mim, isso é muito importante. Por isso, dei a este espaço o nome de Liberdade de Expressão.

Se não quiser receber meus convites, você tem várias opções: bloquear meu email, apagá-lo sem ler ou pedir-me que não mais os envie. Sinta-se livre.

5 comentários:

  1. Olá Ana! Gosto do que vc escreve. Seus convites são sempre bem-vindos. Visitá-la é um prazer. Aqui ou onde quer que deseje publicar. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ana,sempre preocupada com a galera,eu adoro os convites,pego carona nos links e chego rapidinho.Ler te é um prazer.Sucesso sempre.Bjus\Flor*

    ResponderExcluir
  3. Amiga, envie sempre convites para mim. Adoro ler seus poemas e crônicas, enriquecem o meu saber...
    Abraço fraterno, Marco Rocca.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ana

    Não recebi convites, mas vim assim mesmo, todo "entrão". E achei muito legal teu blog. Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Os convites são sempre bem vindos, muito embora nem sempre possa atendê-los de pronto, porque afinal já sou uma senhora velhinha que tem que resolver tudo sozinha. Cê sabe, já me viu ao vivo e a cores, se bem que um tanto desbotadas. rss.. Abraço grande. Helena

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

É QUE ÀS VEZES, O ADEUS PESA...

Não, não pude olhar para trás,  Atravessar aquela rua, Ir ao pé da tua janela E me despedir. Não, eu  não pude hes...