sábado, 19 de maio de 2012

Carneirinhos



'Mora um lobo mau, bem ali na curva...'

Assim, seguia, a turba,
As ordens da pastora...
Tão amedrontados,
Que nem percebiam
Para onde eles eram
aos poucos, guiados!

E o lobo, dormia
O sono dos justos...
Apenas queria
Não ser incomodado!

E a tola pastora
Guiava as ovelhas
Para um matadouro

E eles seguiam,
Inocentemente
(Ou tolamente?)
Até o desdouro...


5 comentários:

  1. que lindo! e linda também a imagem, aliás és uma excelente fotógrafa! beijos

    ResponderExcluir
  2. É tão insignificante a luz do Sol
    Quando uma criança chora
    É tão imenso o sentimento
    De quem não quer ir embora

    Já despontaram todas as flores do mês de Abril
    As hortências ainda dormem nas colinas da ilha
    Este mar tem no ânimo a calmaria
    Há sonhos que se desbotam da maravilha

    E há um sítio para onde não levo ninguém
    Onde tudo acontece sem raiva ou desconfiança
    Neste sitio descanso minha atormentada alma
    E planto sorrisos regados de esperança…

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  3. Muito sentimental.O mais cruel é que por vezes os humanos,quantas vezes vão inocentemente ao toque do lobo vestido de pastor...Parabéns.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

MISTÉRIO

  Existe um jardim, e nele, uma flor Que todos procuram Embora alguns digam que ela não é. E muito se diz sobre a sua cor: Vermelha o...