sábado, 19 de maio de 2012

Carneirinhos



'Mora um lobo mau, bem ali na curva...'

Assim, seguia, a turba,
As ordens da pastora...
Tão amedrontados,
Que nem percebiam
Para onde eles eram
aos poucos, guiados!

E o lobo, dormia
O sono dos justos...
Apenas queria
Não ser incomodado!

E a tola pastora
Guiava as ovelhas
Para um matadouro

E eles seguiam,
Inocentemente
(Ou tolamente?)
Até o desdouro...


5 comentários:

  1. que lindo! e linda também a imagem, aliás és uma excelente fotógrafa! beijos

    ResponderExcluir
  2. É tão insignificante a luz do Sol
    Quando uma criança chora
    É tão imenso o sentimento
    De quem não quer ir embora

    Já despontaram todas as flores do mês de Abril
    As hortências ainda dormem nas colinas da ilha
    Este mar tem no ânimo a calmaria
    Há sonhos que se desbotam da maravilha

    E há um sítio para onde não levo ninguém
    Onde tudo acontece sem raiva ou desconfiança
    Neste sitio descanso minha atormentada alma
    E planto sorrisos regados de esperança…

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  3. Muito sentimental.O mais cruel é que por vezes os humanos,quantas vezes vão inocentemente ao toque do lobo vestido de pastor...Parabéns.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

O que Tem na Sua Playlist? Uma Interação

Inspirada por um comentário de paulo Bratz a um de meus posts, que fala sobre um aparelho de som que comprei na Black Friday,...