quinta-feira, 31 de maio de 2012

APAGANDO PASSOS





Eu passo,
E enquanto passo,
Com um galho seco,
Eu apago os passos.

Não sigas por aqui.

Eu passo,
Sem olhar pra trás
E meus passos seguem
Sempre para frente.

Já disse, não me sigas.

Eu passo,
Mas não deixo marcas
E se um dia eu chegue,
Estarei sozinha.

Não me acompanhes.

Eu passo,
Vou criando espaços
E cortando as linhas
Dos teus negros laços.

Eu passo; tu? Passado!

2 comentários:

  1. Por onde vamos deixamos trilhas, mas podemos ser invisíveis aos indesejáveis. Sintoniza luz e eles serão apagados. Abs!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua presença! Por favor, gostaria de ver seu comentário.

Preciso de um Chão

Preciso de um chão firme, Que me dê segurança Para deixar a cabeça nas nuvens Sem medo de tropeçar. Preciso de um chão ...